colu

Baile no Céu

0 Flares 0 Flares ×

Enquanto os homens exercem seus podres poderes

A Lua ingressa em Aquário nesta manhã de segunda-feira às 11h. O sentimento inquieto do povo predomina nas ruas. Antes de entrarmos no baile da semana, vamos nos situar: faltam poucos dias para findar a primavera no Hemisfério Sul. O aprendizado é no âmbito social. Com exceção de Júpiter e Urano, que estão em Virgem e Áries, respectivamente, todos os planetas estão na parte superior da mandala astrológica. Isso por si só já nos encaminha às lições nas quais vamos de encontro às questões coletivas.

A Lua em Aquário é áspera e arredia quando se trata de sentimentalismo e dramas individuais. É que em suas veias pulsa o sentimento do mundo, as ideias aquarianas se expandem oxigenando o sangue. O afeto segue por uma rede de distribuição capilar que alcança todo ser humano. Poderia ser a lua-madrinha dos direitos humanos e da responsabilidade social. Todo ser humano tem direito ao fogo, e é Aquário que garante esse direito. Aquário é regido primeiramente por Saturno, antes da descoberta de Urano e sua adoção pela astrologia moderna. Daí vem a sua secura e senso de responsabilidade. Ao mesmo tempo, preza pela autenticidade, inovação e pela liberdade.

A Lua vai crescendo na lunação de Sagitário. E as regras da Lunação são também sob as leis de Saturno em terreno de Saturno. Saturno está em Sagitário (gosto de ser prolixa e escrever Saturno repetidamente, feito mantra, cada vez que escrevo Saturno me conscientizo um pouco mais sobre a aura do chumbo). Não paralise. Não dê trela ao medo saturnino. Estamos indo além e não podemos perder a fé. O medo serve como ingrediente que nos ajudará a lapidarmos e reestruturarmos a nossa filosofia de vida diante de tantas desconstrucões de paradigmas. O Sol pelo menos já está distante do chumbo. Ufa!

Nesta segunda-feira (dia 14), faz aniversário Dilma Rousseff. Seu mapa tem deficiência dos elementos Ar e Água. É notório que lhe faltam a habilidade de comunicação, carisma e emoção. O Mercúrio e Júpiter natal dela estão conjuntos a este Saturno em trânsito. Um Mercúrio que sofre com a vigilância severa de Saturno. Um Júpiter domiciliado que, contudo, se vê imobilizado. A presidenta não tem a comunicação a favor dela. Já não tinha, e muito menos agora, sob este trânsito. Chego a cogitar inclusive que a limitação que estão tentando lhe impor vem do exterior. Saturno, limite; Sagitário, além do horizonte.

Vênus e Lua em Capricórnio no mapa natal da presidenta em conjunção a Plutão que transita por Capricórnio.
Eu me pergunto por que a líder da nação tem justamente valores capricornianos no momento em
que Plutão transita por esse signo e expõe toda a podridão e bastidores dos partidos, das instituições e das organizações. Imagino que seja para suportar o peso da função com frieza e sem o desejo de devolver o lixo de volta ao submundo. Usar este aspecto da melhor forma seria a presidenta perceber que poderia regenerar os seus valores e relacionamentos passando a régua de forma pragmática em todas as alianças podres que não servem a sua função. Mas Marte segue em Libra, não há espaço para uma ação como essa, que romperia com toda diplomacia. Infelizmente, é fato que a presidenta está sendo impedida de aplicar as suas leis e os seus ideais.

O Sol em Sagitário quadra Júpiter em Virgem. Dois benéficos guerreiam. O Sol quer expansão e ver o que brilha além do horizonte, quer viagens internacionais, e Júpiter quer comedimento e executar suas atividades de forma simples. Se existe excesso é na moderação. Essa guerra dura toda a semana.

Terça-feira é dia de Marte, o Deus da Guerra. A Lua em Aquário fará trígono a Marte em Libra, que está exilado, pois Marte rege o signo oposto Áries. A guerra é no âmbito social e mental. As pessoas vão estar mais propensas a racionalizar sentimentos e a trocar impressões. Sem dúvida, política estará na pauta, bem como tecnologia e direitos humanos.

As damas do céu não estão em harmonia. A Lua quadra Vênus em Escorpião. Sentimentos e valores em conflito. Se a paixão aprisiona, se liga, pois já não é amor, é obsessão.

Na quarta-feira, a Lua ingressa em Peixes às 15h45. Para esse dia, estão marcadas manifestações contra Eduardo Cunha e contra o impeachment, às 17h. Nesse horário, Aquário estará no Meio do Céu abençoando a revolução e a rebeldia. No domingo, aconteceu a manifestação Fora Dilma e pró-impeachment às 13h, dia do aniversário de 47 anos do sombrio AI-5. Com Peixes no ascendente e a quadratura entre a Lua/Marte e Lua/Urano e conjunção Lua/Plutão. Esse grupo está reagindo à corrupção e a todo lixo que está emergindo, mas o ascendente em Peixes cagueta a decepção com um suposto salvador da pátria e seu legado.

A populacão está dividida, como se fossem times rivais num campeonato de futebol. Contudo, os dois lados sofrem do mesmo sintoma: a podridão que veio à tona com Plutão em Capricórnio e a necessidade de transformação. A manifestação do dia 16 tende a ser mais passional ao defender os seus valores e ser reconhecida pela revolução da base. Ambos os lados são coerentes ao ir para rua, as diferenças são ideológicas.

Na quinta-feira, a Lua em Peixes quadra Saturno em Sagitário. É dia de Júpiter, que rege Peixes e Sagitário. O clima é de insegurança e fragilidade. É preciso crescer e estruturar-se, mas há uma tendência a vitimização e a fugir da sua responsabilidade como cocriador da sua realidade.

Lua em Peixes se afina a Vênus em Escorpião em trígono. A magia estará disponível para a purificação. Peixes e Escorpião são signos que privilegiam a temática espiritual e mística. Canalizadores e médiuns estarão mais sensíveis. Pessoas com questões com drogas e tendências a compulsividade também estarão mais vulneráveis neste dia. O ideal é estar cercado de uma atmosfera com consciência elevada a fim de aproveitar o potencial para receber a chuva cósmica e transmutar o que não é luz.

Sexta-feira, a Lua faz oposição a Júpiter. O universo do sonho se contrapõe à realidade. Espírito e Matéria. Há sempre essa tensão e a busca (que deve ser consciente) pelo caminho do meio.  Cuidar do templo físico para elevação do espírito. Cuidar do espírito para que o corpo cumpra a sua missão em paz.

A Lua entra em Áries às 19h27, trazendo a energia da ignição. A Lua cresce acendendo o fogo. Para ir longe, comece pelo início.

Sábado é dia de Saturno. A Lua em Áries faz trígono a Saturno em Sagitário. A criança e o velho são opostos na linha do tempo, mas em muito se assemelham. Use o impulso e o dínamo para estruturar os seus projetos.

Mercúrio em Capricórnio conjunto a Plutão: segredos e revelações. Não serão fofocas. Muito intuitivamente, você terá acesso a questões antes ocultas. Um velho sábio sabe e nem sabe por que sabe.

Domingo é dia do Sol. O Sol em Sagitário está em trígono com a Lua em Áries. Os luminares seguem sua sina de alumiar feito faróis, auxiliando as embarcações a se orientarem. Sol e Lua em signos de elemento Fogo se impulsionando, trazendo dinamismo e otimismo. O fim de semana tem cheiro de canela. Quente, alegre, forte e próspero. Na próxima semana, o Sol se despede de Sagitário.

Consolide os aprendizados no âmbito coletivo e feche a semana em alto-astral. Boa semana, companheiros!

Sol em Sagitário (até 22.12.2015)
Lua em Aquário (14.12.2015 às 11h)/Lua em Peixes (16.12.2015 às 15h45)/Lua em Áries (18.12.2015 às 19h27)
Mercúrio em Capricórnio  (até 02.01.2016)
Marte em Libra (até 03.01.2016)
Vênus em Escorpião  (até 31.12.2015)
Júpiter em Virgem (até 09.09.2016)
Saturno em Sagitário (até 20.12.2017)

Paula Maia é carioca, geminiana, trabalha com terapias que buscam o equilíbrio energético e é amante da natureza e da astrologia. Escreve neste espaço às segundas-feiras. E-mail: paula.mmaia@gmail.com

Imagem: quadro ‘A noite estrelada’, Van Gogh

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×