colu

Caminho das Cartas

0 Flares 0 Flares ×

A Estrela e o fim de ano

Neste período de Natal e Ano Novo, as esperanças em um mundo e uma vida melhores se renovam. Isso, quando genuíno, tem tudo a ver com a carta da Estrela. No tarô mitológico, a carta da Estrela está relacionada ao mito da Caixa de Pandora, a primeira mulher criada por Zeus. O deus grego deu a ela uma caixa, na verdade um jarro, com todos os males do mundo. Sem saber disso e muito curiosa, ela abriu, soltou todos os males para a humanidade, mas conseguiu guardar a Esperança. E essa carta é sobre isso.

Mesmo quando tudo está errado, mesmo quando nosso mundo caiu, há uma esperança, basta encontrá-la dentro de nós. Essa carta também trata do sentimento de unidade, de quando nos sentimos partes do todo, quando percebemos que fazemos nossa função no mundo, seja ela qual for. Quando, através da humildade e da maturidade, entendemos que estamos fazendo nosso papel, sentimos gratidão. E a gratidão pela missão faz com que a gente cumpra a missão com alegria, e cumprir a missão com alegria nos dá satisfação e nos sentimos agradecidos.

É um ciclo de amor, serviço e gratidão, que é de onde tiramos energia para viver, de onde tiramos esperança todos os dias. Quem vive a carta da Estrela tem isso em abundância. Quanto mais você aceita e agradece, mais recebe da vida. Tudo de bom!

Piky Candeias é paulista, jornalista, taróloga, estudante de astrologia e curiosa sobre todos os processos terapêuticos que ajudam no equilibrio energético. Escreve neste espaço às sextas-feiras. E-mail: pikycandeias@gmail.com

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×