colu

Baile no céu

0 Flares 0 Flares ×

Claridade no breu

Dois mil e dezesseis foi inaugurado de forma simples e significativa: antes da meia-noite, ceamos uma salada de lentilha com romã, cuscuz marroquino e homus tahine. Uns acompanharam com espumante, outros apenas com suco de uva integral, e cada um dos oito disse três palavras resumindo 2015. As palavras foram impregnadas de densidade, ao feitio do ano de 2015. Depois, nos primeiros minutos de 2016, nos reunimos novamente perto do mar, sob a luz de velas, e cada um disse três palavras — intenções para 2016. Alexandre entoou um mantra do ritual Guru Puja. Depois a Letícia fez o convite para assistirmos à Lua — espetáculo, que nos ilumimava próxima a Júpiter em Virgem. Linda noite, ritualizada de forma orgânica e singela.

Agora estamos renovados, com fé e esperança, feito estudante quando começa o ano letivo com cadernos e livros com cheiro de novos. Gosto desta sensação, e é possível reproduzi-la várias vezes durante o ano, ritualizando os pequenos ciclos: as estações do ano e os ciclos lunares. Sem fogos artificiais, mas impregnados de intenções e magia.

O novo ciclo lunar começa no sábado (dia 9). Até lá, então, ainda estamos em clima de expurgo com a Lua minguante do ciclo sagitariano. Mercúrio na terça (dia 5) inicia o movimento retrógrado. O ano começa meio desacelerado e convidativo mais à revisão e ao planejamento do que a iniciar novos empreendimentos. A Lua NOVA que inaugura o ciclo de Capricórnio (dia 9) acaba por apoiar a retrogradação de Mercúrio, que já estará em Capricórnio e a retrogradação de Júpiter em Virgem (dia 8), ambos signos do elemento terra. Carreira e serviço na pauta da revisão. Revisão da comunicação e das habilidades que sustentam a carreira e o serviço. Estas revisões nos capacitam a expressar como queremos ascender profissionalmente. A entrada de Marte em Escorpião (dia 4) também favorece o expurgo de toxinas. A semana não está favorável para o diálogo e atividades intelectuais. Em compensação, no campo afetivo há estabilidade. Vamos acreditar no amor?

Segunda-Feira
Na segunda-feira, a Lua minguando em Escorpião vai se afastando de Marte. Lua em queda e Marte domiciliado. A superfície não é a onda desses dois. Escafandristas, mergulhadores, essa gente que não tem medo de se arriscar embaixo d’água. A guerra pela sobrevivência é um estilo de encarar a vida pelo viés da intensidade. Um bom momento para agir de forma pró-ativa, eliminando emoções tóxicas.

Terça-Feira
Mercúrio retrógrado é o evento astrológico mais famosinho do Universo. Quase todo mundo que curte astrologia tem receitas e dicas para superar este evento. Terça é dia de Marte. Mercúrio entra em movimento retrógrado ao mesmo tempo que está comprometido em um embate com Marte. Realizar é muito bom. A sensação de produzir e materializar é motivadora. Mas será que estamos empregando os nossos esforços e habilidades para construirmos de forma adequada? Nesses sentido, a revisão é muito bem-vinda, acompanhada da desconstrução de crenças limitadoras.

Quarta-Feira
A Lua ingressa no signo de Sagitário e vai caminhando para encontrar Vênus, que, por sua vez, está a caminho do encontro com Saturno. Nenhum dos três é mestre em dominar labaredas, mas os três juntos trazem novas ferramentas para lidar com os processos que envolvem o fogo. O regente de Sagitário, Júpiter, desbrava isoladamente e em exílio o terreno de Virgem. Nesse dia, comemora-se a visita dos Três Reis Magos levando o Ouro, a Mirra e o Olíbano ao Menino Jesus. Os três deuses em Sagitário também nos trazem presentes para o manejo do Fogo Sagrado: o entusiasmo, palavra que originalmente vem do grego en theos, literalmente “em Deus”, a sede por conhecimento e a sabedoria para regular o fogo. É Dia do Astrólogo, e que dia mais auspicioso. 🙂 O alquimista é esse que busca os processos para produzir o seu próprio Ouro. Receba os presentes dos deuses. Sagitário abençoa os navegadores. Registre as sensações de remar a favor do vento.

Marte e Mercúrio ainda duelam. Marte está em vantagem, tem mais força, pois está em seu domicílio e conhece o terreno onde Mercúrio anda peregrino e retrógrado. Não dá para contar com o verbo, mas a ação intuitiva é uma boa alternativa.

O Sol ilumina junto a Plutão o caminho para a subida à montanha do Eremita. A subida é solitária. Ilumine a sua sombra com amor e compaixão.

Quinta-Feira
A Lua está conjunta a Saturno no signo do centauro. Aprender a conter o próprio fogo é um sinal de amadurecimento. Júpiter dispositor da Lua também anda contido. A Lua em Sagitário é expansiva e otimista, mas o encontro com Saturno faz com que a cavalgada seja mais prudente. Há mais controle emocional. Eventos de ordem afetiva tendem a estar mais estáveis.

Sexta-Feira
Dia de Vênus. Vênus amanhece conjunta ao velho Saturno. O desejo ardente e a vontade de expandir são limitados pelo senso de responsabilidade, no que pode ser traduzido como comprometimento. Sim, minha gente, está bom para ter fé e acreditar no amor. Na sexta às 13h08, a Lua ingressa em Capricórnio. A Lua em exílio é seca, não contamine as emoções com a carência. Ao menor sinal de carência: ame-se profundamente.

Júpiter inicia movimento retrógrado até dia 10 de maio. Perceba que o grande beneficia aquele que faz por merecer. Seja digno do merecimento das bênçãos do Grande Benéfico. Quais são os louros para quem investe na cura e na ordem?

Sábado
No sábado, a Lua se junta ao Sol. Inicia-se a fase NOVA da Lua em Capricórnio. A Lua também faz conjunção a Mercúrio.

As intenções desta Lua NOVA têm o peso e a seriedade do chumbo. É dia de Saturno. As suas intenções devem ser precisas e pragmáticas. Há força física e psíquica para quebrar resistências. Não é um momento para gastar energia procrastinando ou falando a esmo de forma infantil.

Domingo
É dia do Sol.  Ao meio-dia haverá um stellium no signo onde o sol está, Capricórnio. O Sol busca apoio de Júpiter em Virgem. A Lua em Capricórnio busca pela companhia de Mercúrio em Capricórnio e mantém também o diálogo com Júpiter. Vivemos no planeta Terra. Não há como escapar do contato com a terra por aqui. Uns estão mais conscientes, outros dormem enquanto são guiados pelos que controlam os ventos, as modas, as mídias. Um bom dia para conectar-se de forma consciente à Terra. Nesse dia, não há vento nem verbo. Experiencie apenas o Ser.

Boa semana para aqueles que remam nos dias sem vento e armam a vela nos dias com vento. Isso é saber fluir, dançar conforme a música. Bom dia!

Sol em Capricórnio (até 20.01.2016)
Lua em Escorpião (dia 03.01.2016 às 17:37)/Lua em Sagitário (dia 06.01.2016 às 4h57)/Lua em Capricórnio (dia 08.01.2016 às 13h08)/Lua em Aquário (dia 10.01.2016 às 18h23)
Lua NOVA (dia 09.01.2016 às 23h32)
Mercúrio em Aquário (até 08.01.2016)
Mercúrio em Capricórnio (até 13.02.2016)
Vênus em Sagitário (até 23.01.2016)
Marte em Escorpião (06.03.2016)
Júpiter em Virgem (até 09.09.2016)
Saturno em Sagitário (até 20.12.2017)

Paula Maia é carioca, geminiana, trabalha com terapias que buscam o equilíbrio energético e é amante da natureza e da astrologia. Escreve neste espaço às segundas-feiras. E-mail: paula.mmaia@gmail.com

Imagem: “Praia na Normandia”, de Gustave Courbet

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×