colu

Caminho das Cartas

0 Flares 0 Flares ×

A Força

Com um homem domando um leão com delicadeza, sem nenhuma arma ou instrumento, a carta da Força vem nos ensinar que, às vezes, o que conta não é a força; que a força não está na voracidade, no tamanho do barulho ou na agressividade. A verdadeira força está no equilibrio. Quando conseguimos nos equilibrar antes de tomarmos uma atitude (seja qual for, inclusive nenhuma), estamos sendo fortes, razoáveis, conscientes.

O homem da carta representa o invencível Héracles ou Hércules. O primeiro dos Doze Trabalhos de Hércules era domar o leão, que nessa carta simboliza tanto algo externo como nossa criança interna, nosso impulso do “eu primeiro”, nosso ego, que se sente rei, tal qual o leão. A carta ensina que, com paciência, coragem, amor e delicadeza, podemos nos harmonizar com as fúrias (sejam próprias ou dos outros) e resolver as coisas de uma maneira melhor.

forca

Como contraponto à carta da Justiça, supermental, nessa carta prevalece a emoção, o instinto. A Força tem a ver com o signo de Leão e, por isso, também representa a sensualidade, vitalidade, disposição física, sucesso profissional e alguma dramaticidade, claro. Nenhum leão passa sem isso (risos). Seu recado mais importante é: “Perceba se quem está esbravejando está dentro ou fora de você, respire, seja manso, mude de assunto, ofereça um doce, um colo e tudo se resolverá.”

Piky Candeias é paulista, jornalista, taróloga, estudante de astrologia e curiosa sobre todos os processos terapêuticos que ajudam no equilibrio energético. Escreve neste espaço às sextas-feiras. E-mail:pikycandeias@gmail.com

 

Imagem do destaque: o ator Dwayne Johnson em cena do filme ‘Hércules’, de Brett Ratner

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×