colu

Caminho das Cartas

0 Flares 0 Flares ×
Nove de Copas
Cada naipe do Tarô tem a ver com um tema, com um elemento e tem sua jornada, uma história, que é contada do Ás até o Dez. A jornada de Copas é a jornada do elemento Água, do sentimento, da emoção. Da nossa parte que sonha, que tem deleites, que ama, mas que também projeta, se ilude, não percebe o que de fato está acontecendo, passando muito tempo anestesiada. Anestesiada pelo próprio amor que sente, e não quer compará-lo com a realidade para não perder, para não “estragar”. Anestesiada pelo medo ou pela preguiça de entrar em contato com sua própria verdade.
Você pode se anestesiar bebendo, assistindo televisão, se ocupando com coisas que não te deixam tempo para pensar em si, com excesso de religião, com excesso de trabalho, excesso de comida e com todas as outras possíveis compulsões. Do vislumbre do que a vida pode ser, nascem o amor, nossos preciosos sonhos e nossas ilusões. Para saber a diferença, é preciso não tirar o pé do chão em nenhum momento.
Muitas vezes, só conseguimos estar inteiros numa situação depois de passar por toda essa jornada. Apaixonar-se (seja por alguém ou por um projeto), viver esse amor, entender que nem tudo é perfeito, que todos têm defeitos. Desiludir-se, cair numa tristeza que leva à reflexão e, enfim, retornar inteiro (principalmente consigo mesmo), consciente, querendo talvez a mesma coisa, mas com uma noção muito maior da realidade.
tarot-cups-09
Este é o Nove de Copas: satisfação, harmonia, coração aberto, perdão, sonho realizado. Um mérito, uma recompensa pela pessoa ter mergulhado em si e retornado com um conhecimento que é fundamental para a felicidade plena. No Tarô mitológico, o Nove de Copas conta a história do mito de Eros e Psiquê. Depois de ela passar por uma história muito intensa, na qual experimenta vários sentimentos, retorna mais madura e de coração aberto para começar tudo de novo. Essa é a graça da vida, a chance de aprendermos a fazer diferente. E vamos passar pela mesma situação quantas vezes forem necessárias para tirarmos todas as lições. E, quando transformarmos esse ciclo vicioso, essa ilusão, enfim, faremos de outro jeito, conquistando novas coisas ou conquistando as mesmas coisas, mas sendo novas pessoas.

Piky Candeias é paulista, jornalista, taróloga, estudante de astrologia e curiosa sobre todos os processos terapêuticos que ajudam no equilíbrio energético. Escreve neste espaço às sextas-feiras. E-mail:pikycandeias@gmail.com

 

Imagem de capa: Roy Nissanka – Magician / 9 of Cups / 10 of Swords.
Imagem do miolo: www.tarotcardmeanings.net
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×