colu

Baile no Céu

0 Flares 0 Flares ×

Enquanto a Lua míngua

A semana tem a medicina da Lua minguante e ao mesmo tempo tem movimentos expansivos e grandiosos ao feitio de Júpiter, o grande benéfico. É o fim da Lunação de Aquário. E enquanto a Lua míngua, nós nos esvaziamos de nossas expectativas e preparamos o terreno para a lunação seguinte, a Lua NOVA de Peixes, que será acompanhada de um eclipse solar (não visível no Brasil) no dia da mulher, mas este mistério eu deixo para a coluna da semana que vem.

Segunda-Feira

Último dia do mês de fevereiro.  É dia da Lua, que segue para encontrar Marte em Escorpião. Lua em queda e Marte em domicílio. É um dia em que podemos nos regenerar ou encontrar força emocional para lidar com questões densas e intensas. Pode marcar uma passagem, feito a carta da Morte do Tarô, lembrando que a vida é feita de ciclos: morte-vida-morte. A mulher que pare uma criança, morre para sua vida sem filho e nasce para a vida de mãe. Teste a sua capacidade de mudar de pele e se transformar. É um momento em que devemos também ter o cuidado de não mergulharmos em questões autodestrutivas e não desafiar quem não tem nada a perder. O sábio alquimista gasta essa poderosa energia em seu próprio território.

O Sol em Peixes se encontra com Netuno e é inevitável sonhar com o amor romântico. Um certo cuidado para não idealizar o outro é sempre recomendável. O pisciano é aquele que acredita em milagres. É verdade que devemos acreditar nos outros e olhar a todos com amorosidade, mas é ao mesmo tempo cruel querer que o outro seja refém das nossas idealizações. Amor incondicional pressupõe amar até as partes sombrias do outro, como devemos amar a nós mesmos.

Terça-feira

A Lua já amanhece no signo de Sagitário. Sagitário, o arqueiro, aponta que o crescimento é para fora e para o alto. É dia de Marte, o guerreiro. A guerra é a busca pelo conhecimento, a busca pelo ouro, pela autoconsciência. A Lua caminhará para uma quadratura com o Sol em Peixes. Apesar de a Lua em Sagitário ser otimista e ambos os signos serem regidos pelas leis de Júpiter, esta quadratura com o Sol, que começa a se formar, pode trazer uma sensação de distância e desarmonia que pode ser percebida na família ou internamente. Onde uma parte não abre mão do que considera ser a verdade e a outra parte parece escapar de sua responsabilidade.

A quadratura de Júpiter e Saturno também indica confronto e limitação. É um período para estar atento a questões judiciais.

À noite, a Lua em Sagitário caminha para uma conjunção com Saturno, reforçando a predisposição ao conflito familiar. Há uma propensão à frustração, insegurança, limitação ou sensação de abandono ou perda.

Quarta-Feira

A Lua em Sagitário quadra Júpiter em Virgem. É Júpiter que rege o signo de Sagitário. Mais uma vez, o confronto envolve o poderoso do Olimpo. Júpiter na mitologia grega é Zeus, Deus dos Deuses. É ele que julga as questões do Olimpo. Imperioso e voluntarioso. Neste cabo de guerra entre a Lua e Júpiter, sem dúvida Júpiter leva. A questão é a ordem, a lei que se faz aqui é a de “menos é mais”. A empolgação e o galope mais uma vez cedem lugar ao que é possível de realizar. A sensação é de roda presa, mas perceba que estamos caminhando!

Quinta-Feira

A Lua ingressa em Capricórnio às 11h02. A Lua no signo da Cabra. Lua em exílio. Quem quiser afeto que seja a sua própria fonte.

É dia de Júpiter. E agora, o Deus dos Deuses enfrentará o astro Rei. O Sol caminha para a oposição a Júpiter. Daqui da Terra sentimos os dois gigantes nos extremos. A espiritualidade e a matéria. O Caos e a ordem. A magia da vida. O espírito e a carne bem no clima da Quaresma. A experiência de ser uma alma encarnada. O Sol ilumina o espírito e Júpiter beneficia a matéria. Apesar da oposição, é uma forma de se atingir o caminho do meio.

Sexta-Feira

A Lua em Capricórnio faz trígono a Júpiter em Virgem. E caminha para o encontro com Plutão em Capricórnio. Não é uma sexta-feira tipicamente venusiana no que diz respeito ao prazer e à festa. Aliás, Vênus está em Aquário, signo que é regido por Saturno. É um dia de responsabilidade e de ordem. Um dia para colocar os pingos nos is. Como endurecer sem perder a ternura? Os ganhos aqui são da ordem prática e material. Empoderar-se é tomar para si todo o poder que já lhe pertence. Lua em Capricórnio é conhecida como Lua madrasta. Parece que a fome de amor nunca acaba. Cuide muito bem dos seus. Demonstre afeto sem esperar nada em troca, porque a vida não é só trabalho, dinheiro e bens.

Sábado

Mercúrio ingressa em Peixes. As habilidades mercuriais ficam mais lúdicas, mais artísticas. Falar pode não ser tão essencial quanto se expressar artisticamente. Mercúrio fica em Peixes até 22.03. A paisagem tem o tom aquarelado.

A Lua ingressa em Aquário  às 17h22. Sábado é dia de Saturno, que rege Aquário. O Sol em Peixes quadra Saturno em Sagitário. Implicitamente Júpiter mais uma vez envolvido nesta querela. Rege Peixes e Sagitário. A fraternidade é uma sabedoria dos velhos. Aqueles que muito pesquisaram, ousaram, refletiram, e chegaram à conclusão de que somos todos uma grande família. Seja responsável, pratique a fraternidade. Isso não está relacionado à Religião, e sim, à compreensão da vida e dos direitos humanos.

Domingo

Marte ingressa em Sagitário. O movimento será de expansão até 31.03.2016. Marte representa o guerreiro e Sagitário o aventureiro. A união dessas energias nos dá impulso e dínamo. Quem já tem muito da energia do Fogo e é um pouco cabeça quente, pode se preparar colocando suas energias em um esporte de luta ou qualquer coisa que canse esse guerreiro. É melhor que sair por aí dando patada e coice nos outros. Vai trazer entusiasmo e otimismo. Como nesta passagem, Marte fará conjunção a Sagitário, este movimento de expansão vai ser muito bem-vindo para quem está galgando os degraus para estruturar a sua filosofia de vida e também “colocar pra andar” os seus estudos acadêmicos. Mudanças e viagens também são tema deste aspecto. Sai o guerreiro estrategista e entra aquele que explora as possibilidades.

A Lua caminha para a conjunção com Vênus. A mãe e a mulher se fundem e se libertam dos seus papéis restritos, e isso é uma marca registrada a bálsamo na alma. A mulher é livre para ser o que quiser, o que quiser criar como experiência: mãe, mulher, profissional. Um dia marcado pela autenticidade de ser quem se é. Vai ter mulher livre na pistinha!

Boa semana a todos!

Sol em Peixes (até 20.03.2016)
Lua em Escorpião (27.02 às 12h27 )/Lua em Sagitário (01.03 às 00h56 )/Lua em Capricórnio (03.03 às 11h02)/Lua em Aquário (05.03 17h22)/Lua em Peixes (07.03 às 20h09)
Mercúrio em Aquário (até 05.03.2016)/Mercúrio em Peixes (até 22.03.2016)
Vênus em Aquário (até 12.03.2016 )
Marte em Escorpião (até 06.03.2016)/Marte em Sagitário (até 31.03.2016)
Júpiter em Virgem (até 9.09.2016)
Saturno em Sagitário (até 20.12.2017)

Paula Maia é carioca, geminiana, trabalha com terapias que buscam o equilíbrio energético e é amante da natureza e da astrologia. Escreve neste espaço às segundas-feiras. E-mail: paula.mmaia@gmail.com

Imagem: Horóscopo Virtual

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Pin It Share 0 0 Flares ×